quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

UM DIA QUE NÃO TENHO

Mistic Sympathy by Boris Selan

Hoje é um dia que não tenho,
galopes de vida que o vento trouxe,
abanou-me a alma,
e voei...

Hoje precisava de ser cavalo-alado
e voar ainda mais
e mais...
para que os sustos
da alma sossegassem
e repor o dia que não tenho...
...algum dia!

JFV